quarta-feira, 15 de julho de 2015

Querido, mudei de visual! - Reflexões sobre cabelo




Olá, meus amores! Tudo bem convosco? Eu estou neste momento a beber o milésimo copo de água e a morrer de tanto calor... Aiuê, Nzambi iami!...
Mas hoje vim aqui para vos mostrar o meu novo visual e não para me queixar do calor.

No inverno, andei numa de ser loira, ou melhor um ombré hair loiro (Lace Front sintética da Outre, modelo Zenn, cor DR30), pois acho que fica muito bem com a roupa preta que eu tanto gosto de usar nos dias mais frios.
Nos dias mais quentes, a conversa é outra. Ser morena com o cabelo encaracolado é que faz parte das minhas preferências. Ah, mas não é só do verão... Eu gosto mesmo é de ir mudando.
O cabelo pelo qual optei agora (Half Wig sintética da Outre, modelo Tisha, cor 1B) é muito natural e prática de se colocar e retirar. Sobretudo pela facilidade que eu tenho de voltar a usar o meu cabelo natural no dia em que me apetecer. 




Mas porque é que eu não uso o meu próprio cabelo? Uso sim. Só não uso mais vezes por preguiça.
Há quase 4 anos que não faço nenhum processo químico, por opção própria (isto não quer dizer dizer que condene quem o faça, pois cada um faz o que quer com o seu próprio cabelo e ninguém tem o direito de medir a africanidade de uma negra com base no cabelo). 
O meu cabelo é crespo e quem possui um cabelo como meu sabe bem que é tão maravilhoso quanto trabalhoso. Na verdade, todos os cabelos dão trabalho, mas o meu teve o azar de nascer na cabeça de uma pessoa muito preguiçosa no que toca a cuidar do cabelo. Os salões de cabeleireiro, além de caros, ainda estão muito despreparados para os cabelos afro.

Quanto a usar extensões, seja perucas, tiçagem, apliques, tranças com cabelo postiço, ainda é tabu. E muita gente acha que são só as negras...
Para as americanas é bem comum usarem peruca. Há diversas youtubers e celebridades que usam.
Para mim é tão digno como cortar. Corto quando quero curto, uso peruca quando quero comprido. O meu cabelo cresce sim, mas só tenho de esperar que cresça se eu quiser.

Dizem que os homens não gostam de cabelo postiço. Alguns até gostam. Dizem que os homens não gostam de cabelo curto. Muitos gostam. Ah, mas dizem que os homens não gostam de maquilhagem. Bem, mas essa é um pouco verdade... 
Agora digo-vos eu uma coisa: O meu marido não gosta de cabelo postiço e não gosta de maquilhagem. Mas gosta de me ver com cabelo postiço e maquilhagem, sabem porquê? Porque gosta de mim e acha-me linda de qualquer jeito.

Onde comprei e quanto custou? Normalmente compro online no Ebay, mas desta vez foi numa loja da Middellandstraat em Rotterdam (Holanda) e custou-me 35 euros. Para quem mora em Rotterdam, pode também encontrar várias lojas em Kruiskade onde vendem também.

O batom que estou a usar:  É um batom da Sleek, na cor Dare 791. Tem acabamento matte. Tal foi a febre do batom "Kylie Jenner" que tive encontrar um tom de marsala que se adaptasse na pele negra.